bate papo

Top 5 2016

30 dez 2016

2016 está quase acabado (depois de quase acabar com todos nós), então chegou aquela época do ano de fazer um levantamento de tudo o que li, o que foi bom e o que me marcou. (Até o momento) Li 75 livros esse ano, menos do que eu gostaria, mas mais do que esperava levando em consideração que eu fiz uma pós-graduação e monografia.

Dessa vez não trouxe minhas decepções do ano, quero deixar o post só com aquela vibe positiva. Vamos à listinha de Top (5) Livros de 2016! \o/

Separei o posts em categorias de avaliação. Vem comigo descobrir meus favoritos entre os lidos do ano! Só avisando que não coloquei ordem de preferência entre os selecionados e não necessariamente os livros foram lançados em 2016. ^.~

Favoritos dos Favoritos

Olha que esse ano não tem livros de gêneros repetidos (eu acho) e consegui uma lista bastante interessante de favoritos. Dois de não ficção, sendo que um é uma “graphic novel”, e que foram ótimas leituras fora da minha zona de conforto. Obviamente temos romance, porque eu não vivo sem isso na minha vida, e fantasia. A chaproca do ano pode ter demorado para terminar e ter sido um peso literal para ser carregado, mas valeu cada uma das 912 páginas da leitura.

  • A Voz do Arqueiro - Mia Sheridan
  • Alucinadamente Feliz - Jenny Lawson
  • Nove regras a ignorar antes de se apaixonar - Sarah MacLean
  • Ninguém vira adulto de verdade - Sarah Andersen
  • As Chamas do Paraíso - Robert Jordan

Melhores Capas

Foram aquelas que me encantaram de um jeito completamente apaixonante. Para variar, a Intrínseca quase fica com todos as posições porque a editora sabe conquistar meu pobre coração de designer gráfica frustrada. Só para não dizer que só dá Intrínseca, a HarperCollins Brasil ganhou um espaço com a capa e projeto gráfico maravilhosos do livro de Lauren James.

  • as mil noites - e.k. johnston
  • Alucinadamente Feliz - Jenny Lawson
  • em nossa próxima vida - lauren james
  • Faca de Água - Paolo Bacigalupi
  • Loney - Andrew Michael Hurley

Melhores Personagens

Chega de separar meninos e meninas, não é mesmo? Se um personagem é bom ele tem que ser enaltecido por isso, não por seu gênero. No caso temos muitas representantes femininas por questões de identificação e qualidade de construção. Archer aparece aqui porque ele foi o cara mais fofo e tudo de bom do ano. E Alex Fierro é o melhor de todos os mundos, trazendo a representatividade trans para a literatura YA de Rick Riordan.

  • A Voz do Arqueiro - Mia Sheridan
  • as mil noites - e.k. johnston
  • a torre - daniel o'malley
  • o martelo de thor - rick riordan
  • Nove regras a ignorar antes de se apaixonar - Sarah MacLean

Melhores Hot/Romances de Época/New Adult

Você me conhece. Meus posts de aquisições são basicamente de romances independente dos subgênero e de fantasia. Sim, sou previsível e talvez esquisita. Mas não tem como não dizer que esses livros me deixam muito feliz e me ajudam a dar aquela relaxada e descansada de leituras mais longas. Esse ano foi o de descoberta de Mia Sheridan e Sarah MacLean, e de visitar uma nova série da Loretta Chase. O bom desse gênero é que quase tudo pode ser uma série ou trilogia, então sempre tem mais daquele grupo familiar ou tema para ler. Muito amor envolvido aqui, Pessoa! <3

  • A Voz do Arqueiro - Mia Sheridan
  • veneno - mia sheridan
  • Nove regras a ignorar antes de se apaixonar - Sarah MacLean
  • dez formas de fazer um coração se derreter
  • sedução da seda - loretta chase

Melhores Fantasia/Sci-Fi

Se eu não vivo sem um romance, também não consigo ficar sem uma fantasia na fila de leitura. 2016 foi um ano que tentei investir mais em sci-fi. Não adianta dizer que gosto e não ter nada do gênero no blog, não é? Então até dá para dizer que tem mais sci-fi na lista do que fantasia. Afinal As Chamas do Paraíso contou sozinho como vários livros de fantasia menores… Além disso, foi um ano de investimento financeiro em mais livros de sci-fi, pegando uns da Aleph para colocar para jogo. Espero conseguir pegar em 2017.

  • Faca de Água - Paolo Bacigalupi
  • As Chamas do Paraíso - Robert Jordan
  • legado - hugh howey
  • a menina que tinha dons - m.r. carey
  • caminho das sombras - brent weeks

Melhores Young Adult

Sim! Tem dobradinha da Jenny Han porque eu li os dois livros de Lara Jean e achei muitos divertidos. Além disso, um dos únicos livros brasileiros que li no ano merece estar aqui também. Tem também o primeiro livro com um protagonista homossexual que eu li e achei muito bom essa mudança na minha vida. E, obviamente, Rick Riordan.

  • o legado - marcela rossetti
  • para todos os garotos que já amei - jenny han
  • p.s.: ainda amo você - jenny han
  • simon vs. a agenda homo sapiens - beth albertalli
  • o martelo de thor - rick riordan

Surpresa do ano

2016 foi um ano que eu me permiti ler livros que não costumam ser uma escolha natural para mim. Alucinadamente Feliz é um não-ficção que eu provavelmente passaria longe, mas a capa e a sinopse me conquistaram e me deixaram intrigada de uma forma que não me permitiu deixar a oportunidade de lado.

Depois temos a graphic novel da Sarah Sandersen, Ninguém Vira Adulto de Verdade! Eu sou apaixonada por essa ilustradora e acompanho suas tirinhas há bastante tempo. Tenho muita identificação com a personagem que ela representa em suas tirinhas e não podia ficar sem um exemplar em casa. E, SIM!, vale muito a pena.

A Menina que tinha dons não foi bem uma indicação, mas me chamou a atenção a capa e a sinopse também, e uma das reviewers que eu mais confio do Goodreads fez uma resenha falando MUITO BEM do livro. Então me permiti comprar e passar na frente de vários outros livros. Sim, porque eu posso. E foi uma das decisões mais acertadas que fiz no ano. O livro é ótimo, é distópico, faz você pensar, e te deixa se sentindo impotente e angustiado no fim. Para variar de todos os finais felizes e casais realizados que eu costumo gostar, um soco no estômago faz bem de vez em quando.

E por último, li o livrinho da Chimamanda, Sejamos Todos Feministas, no Kindle, e fiquei impressionada com a força dessa mulher, tanto em sua escrita, quanto em sua vida, que ela transcreve ao longo das páginas. A sensação que fica é de que “preciso ler de novo, e de novo” para realmente entrar nos poros e no cérebro e no coração o que é ser feminista. É daquelas leituras que todo mundo deveria ter a oportunidade de ler, para tirar suas próprias conclusões e conhecer a autora. E olha que legal! O e-book é DE GRAÇA na Amazon. Faça esse favor a você mesma/o e dê uma chance para o livro. ^.~

  • Alucinadamente Feliz - Jenny Lawson
  • Ninguém vira adulto de verdade - Sarah Andersen
  • a menina que tinha dons - m.r. carey
  • sejamos todos feministas - chimamanda ngozi adichie

Mais aguardados de 2017 (ou o que eu gostaria muito de ler em 2017)

E vale terminar o post falando das minhas expectativas para 2017, quais livros eu estou ansiosa e esperando muito que cheguem logo?!

Desde 2014 eu venho comentando o quanto estou aguardando por Winds of Winter, e nada. Não custa dizer que gostaria que finalmente saísse em 2017, mas acredito que se isso realmente acontecer, é provável que o livro só chegue aqui em 2018… levando em consideração todo o processo de tradução e produção do livro nacional.

Quero muitas coisas da Intrínseca em 2017! O sexto volume da série A Roda do Tempo, Lord of Chaos deve ser minha fantasia mais aguardada do ano que vem. Espero que, apesar do volume de trabalho para traduzir, adaptar, etc., ele seja lançado em algum momento de 2017. Queria fechar a série Half Bad, da Sally Green, com Half Lost, porque preciso muito saber como termina a saga de Nathan e Gabriel. <3 Além disso, 2017 já tem promessa de mais Rick Riordan com The Dark Prophecy, o segundo volume da série As Provações de Apolo, e The Ship of Dead, para fechar a trilogia de Magnus Chase e os deuses de Asgard.

Eu já falo da continuação de Desafio, da Novo Conceito, há muito tempo também. Só para não dizer que eu desisti, vou trazer ele de novo. Vai que dessa vez vai, né?

Ainda não li o segundo livro da série Corte de Rosas e Espinhos, mas já tem previsão para que o terceiro, Court of Wings and Ruins, saia lá fora. Apesar de o primeiro não ter entrado em nenhum dos tops, foi um dos livros mais legais que li no ano (com algumas ressalvas, mas muito bom).

A Arqueiro também está me devendo algumas coisinhas. A “extinta” Saída de Emergência começou a lançar a série Kate Daniels, da Ilona Andrews, e não trouxe mais nenhum livro além do primeiro. A série lá fora já conta com  nove volumes… Nunca te pedi nada, Arqueiro… continua a série, por favor?!

Outro que eu ia começar a me lamentar era Rainha das Trevas, o terceiro livro da Trilogia das Joias Negras, da Anne Bishop, mas eu já sei que sai em fevereiro, então é só a ansiedade de finalmente fechar a série! <3


E você, quais livros foram os seus tops em 2016 e o que mais está ansioso/a para ler em 2017?! Me conta tudo nos comentários ou lá no Facebook! ^.~

Até a próxima! o/

Você também vai gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta