resenha

Amante Consagrado – J.R. Ward

22 jan 2013
Informações

amante consagrado

j.r. ward

universo dos livros

série irmandade da adaga negra #6

552 páginas | 2011

4.375

Design 4.75

História 4

Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. E agora, um Irmão obediente deve escolher entre duas vidas… Ferozmente leal à Irmandade da Adaga Negra, Phury se sacrificou pelo bem da raça, convertendo-se no macho responsável por manter a linhagem da Irmandade. Como o Primaz das Escolhidas, ele será o pai dos filhos e das filhas que assegurarão que sobrevivam as tradições da raça, e, que haja guerreiros para lutar contra os redutores. Como sua companheira, a Escolhida Cormia quer ganhar não só o corpo, mas também o coração de Phury para si… Ela vê o guerreiro emocionalmente deteriorado atrás de toda sua nobre responsabilidade. Mas enquanto a guerra com a Sociedade Redutora se torna mais severa, uma grande tragédia abate a mansão da Irmandade e Phury deve decidir entre o dever e o amor.

Design

Para ler minha avaliação completa de design do primeiro livro da série é só clicar aqui.


História

A saga dos irmãos-vampiros-sexys continua, agora seguindo a história de Phury como ponto de vista principal.

O irmão continua sendo o que eu menos gosto. Seu excesso de auto-crítica beira o insuportável e sua recusa em se relacionar com Cormia faz quase com que pareça “uma adolescente insegura”.

Felizmente o livro está recheado de John Matthews, Rehvenge, Quinn & Blay… ^^

Conforme a história está se desenrolando o foco tem saído um pouco da parte sensual/sexual dos personagens e focado mais no futuro da sociedade vampira enquanto enfrenta os redutores.

Eu ainda tenho aquela sensação de “que droga” quando o ponto de vista da narrativa sai da Irmandade e vai para os redutores. Mas neste volume Ômega ressurge com tanta força e com um aliado improvável e odioso que até valeu a pena a leitura desses capítulos.

O grande inimigo da Irmandade é apresentado em Amante Consagrado e eu fiquei com a sensação de que a batalha final não deve ser travada pelos irmãos. Provavelmente os jovens aprendizes é que serão os salvadores.

Uma coisa que me “entristece” é que com o passar dos livros surgem cada vez mais personagens, e a J.R. Ward acaba tendo que escolher quem aparece em cada um. Em Amante Consagrado praticamente não vemos Rhage, Vishous ou Butch. Xhex, a segurança do ZeroSum, ganhou um espaço maior por causa de John Matthews.

A nota para história do livro só foi alta por causa das sidestories que aconteceram durante a narrativa, porque se fosse só pelo relacionamento de Phury com a escolhida Cormia… eu teria descido para duas ou três estrelas no máximo.

Ainda quero saber mais sobre a Virgem Escriba e o ódio que sente pelo Ômega! Está faltando peça nesse quebra-cabeça cósmico!

Que venha Amante Vingado e a história dos sympathos! XD

E não adianta… Zsadist e John Matthews são meus personagens favoritos. Adoro coisas quebradas!


Até a próxima! o/

Livro cedido pela parceria com a editora Universo dos Livros

Você também vai gostar

1 comentário

  • Responder Babi Lorentz 23 jan 2013 at 17:35

    Não posso ler a resenha!
    Mesmo que eu não queira ler a série, me sinto um pouco sem entender nada por não ter lido nenhum :(
    Desculpa, tá?
    Beijos.

  • Deixe uma resposta