bate papo

nosso lar – o filme

29 ago 2010

Hoje meu marido e eu acompanhamos meus pais na pré-estreia do filme Nosso Lar, baseado no livro psicografado por Chico Xavier.

Esse post foge um pouco do que me propunha com o blog; é um post sobre o filme. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, o que deve ser remediado logo, já que ganhei do meu pai uma edição com a capa ilustrada com o poster do filme.

Apesar de ser doutrinário, baseado num livro psicografado e ditado por um morador da colônia Nosso Lar, qualquer pessoa, espírita ou não, pode ver o filme. No fim, ele fala sobre superação, humildade, boa-vontade, conhecimento interior, bondade e amor ao próximo. Coisas que hoje em dia fazem muita falta na nossa sociedade.

Não sei se todos percebem assim, mas as pessoas tornaram-se muito individualistas e egoístas. As crianças que nos cercam, voltadas para a televisão e para a internet são, em sua maioria, insuportavelmente chatas. São ensinadas pelos seus pais a serem mesquinhas e a passar por cima dos outros.

Cada vez menos temos nosso espaço pessoal. A cada momento alguém ultrapassa os limites de seus próprios direitos. Quem não se irrita com os “ixpertos” no trânsito?

Durante o filme, fiquei muito emocionada. O personagem principal, André Luis, é o reflexo de todos nós. Egoísta, severo, auto-suficiente e exigente. Acha que pode ter previlégios em relação aos outros espíritos que se encontram no Nosso Lar. Mas ele aprende e evolui. E decide se dedicar ao trabalho de ajudar aos outros.

Desejo realmente que aqui, no nosso mundo ainda, eu possa ver as coisas voltarem a melhorar. Por que, infelizmente, eu tenho perdido a fé no ser humano. Esse bicho mau, mesquinho, egoísta e egocêntrico. Desejo que filmes e livros como Nosso Lar possam tocar as pessoas, e que, de alguma forma, isso faça com algo mude dentro de cada um de nós.

Que venha 2012! Se sobrevivermos até lá.

Até a próxima! o/

Você também vai gostar

Nenhum comentário

Deixe uma resposta